7 coisas que você precisa saber sobre o câncer de mama

Acontece só em mulheres? Qualquer caroço é sinal de câncer? Vamos entender essas e outras questões juntos!

Escrito por HDI Seguros 09/10/2020

Em segundo lugar entre os tipos mais comuns entre as mulheres no Brasil e no mundo, perdendo apenas para o de pele, o câncer de mama é sinalizado em 28% dos novos casos todos os anos, segundo o Instituto Nacional do Câncer. Apenas 1% do total de casos da doença manifesta-se em homens, por isso, a campanha de conscientização do Outubro Rosa tem como objetivo alertar, principalmente as mulheres, sobre a prevenção e o diagnóstico precoce.

De acordo com a Fundação do Câncer, quando detectado na fase inicial, as chances de cura podem chegar a 98% dos casos. A partir desse dado, conseguimos entender porque tanto se fala em manter as consultas médicas, os exames preventivos e os hábitos saudáveis em dia. Mas no meio de tantas recomendações que ouvimos, existem muitas fake news que devemos tomar cuidado para não compartilharmos com mais pessoas. Pensando nisso, listamos algumas dúvidas frequentes para desmistificarmos juntos.

Qualquer caroço é sinal de câncer?

Não! 80% dos cistos descobertos nos seios são benignos, ou seja, acontece o crescimento anormal de células, mas elas não são capazes de invadir outros tecidos ou órgãos, se espalham de forma mais lenta e têm bom prognóstico. Lembrando que é importante sempre consultar um médico para um diagnóstico preciso.

Sobrepeso é um fator de risco para o câncer de mama?

Sim! O nível de estrogênio, substância responsável pela multiplicação das células na glândula mamária, é elevado com o excesso de gordura presente no corpo.

O câncer de mama só acomete mulheres?

Não! Como dissemos lá no início do texto, 99% dos casos são descobertos em mulheres, o que significa que ele pode, sim, acometer homens, mas em índices bem menores.

Amamentar é um ato preventivo?

Sim! Ao amamentar, as células focam na produção de leite para alimentar o bebê que acabou de deixar o útero e se multiplicam menos, diminuindo as chances de desenvolver um tumor.

Ter a primeira menstruação precoce é um fator de risco?

Sim! Segundo o Nature Gentetics, revista científica especializada em pesquisas de genética, uma menina que menstruou pela primeira vez aos 10 anos estará 12% mais vulnerável a evoluir um câncer de mama que uma menina que menstruou aos 12 anos.

Usar desodorante com poder antitranspirante pode causar câncer?

Até o momento, não há estudos científicos que comprovem essa informação.

Jovens precisam se preocupar com o câncer de mama?

Sim! Apesar de ser mais comum em mulheres após os 50 anos, o aparecimento dele também pode acontecer em pessoas mais novas.

Diante de todos esses fatos e boatos, o que devemos fazer é nos cuidar. Como sabemos, a prevenção é o remédio mais eficaz, portanto vá ao médico frequentemente, realize os exames de rotina dentro do prazo recomendado para cada um deles, alimente-se de forma saudável, pratique exercícios regularmente, evite o consumo de cigarro e bebidas alcoólicas, entre outros cuidados. A HDI se importa com você, e é por isso que trouxemos essas dicas para que você tenha muita atenção com a sua saúde!

Fontes:

https://careplusmais.com.br/gestao-de-dicas-de-saude/outubro-rosa-cuidados-de-prevencao-ao-cancer-de-mama/

https://www.dicasdemulher.com.br/outubro-rosa/

https://super.abril.com.br/saude/puberdade-precoce-aumenta-as-chances-de-cancer-na-vida-adulta/