Conheça as melhores trilhas do Brasil

Embarque nesse roteiro pelas cidades brasileiras com opções que vão desde os iniciantes até os mais experientes no pedal

Escrito por HDI Seguros 01/03/2021

Quem adora andar de bicicleta sabe que os passeios na cidade não se comparam com o frescor de uma trilha junto à natureza. Para cair na estrada e aproveitar uma boa aventura, selecionamos destinos por todo o Brasil para você praticar as habilidades e aproveitar uma bela paisagem sob duas rodas.

Antes de seguir viagem, certifique-se que sua bicicleta está em dia com os reparos básicos. Cheque sempre freios, pneus e peças de fácil deterioração, como pedais e guidões. Faça uma boa revisão com seu mecânico de confiança, confira os parafusos e esteja precavido para evitar emergências e acidentes. Conferiu tudo? Então, bora viajar!

Nosso roteiro começa em Santa Catarina, no Vale Europeu, a aproximadamente 30 km de Blumenau. O local é conhecido por atrair muitos visitantes que podem aproveitar o percurso de mais de 300 quilômetros disponíveis para a prática do ciclismo. Além da ótima sinalização e da preservação das trilhas, o percurso inclui passagens por nove municípios catarinenses, como Timbó, Pomerode, Indaial, Ascurra, Apiúna, Rodeio, Benedito Novo, Doutor Pedrinho e Rio dos Cedros.

Outro local muito procurado no interior de São Paulo, o Zoom Bike Park é literalmente um “parque de diversões” para os amantes do ciclismo. Localizado na cidade de Campos do Jordão, a menos de três horas de São Paulo, o espaço oferece um conjunto de trilhas com diferentes graus de dificuldade. O local recebe competições do mundo todo, possui mais de 32 quilômetros de muita natureza e emoção, e foi projetado de acordo com os padrões internacionais de sinalização. Localizado próximo ao horto florestal, o espaço é indicado para todos os tipos de atletas, incluindo aqueles que estão iniciando no esporte.

Subindo o mapa em direção ao Nordeste, nossa próxima parada é na Costa do Descobrimento, na Bahia. Com um total de 120 quilômetros, o percurso fica ao sul das cidades de Prado e Arraial d’Ajuda, e oferece trechos de pedal na areia, terra firme e travessias de rios. Além das belezas naturais, o local conta com pontos históricos, como o Monte Pascoal e a foz do rio Cauí, ambos locais famosos por serem os primeiros pontos de contato dos desbravadores portugueses com os índios brasileiros.

Em Minas Gerais, há uma grande procura por aventura no Parque Nacional da Serra do Cipó, próximo à cidade de Itabira. Com uma geografia acidentada e repleta de nascentes, o parque é perfeito para a prática do mountain bike e ainda conta com diversos rios, cachoeiras, cânions e cavernas de excepcional beleza natural. Localizado na Serra do Espinhaço, as trilhas ficam próximas da Cachoeira da Farofa e do Cânion das Bandeirinhas e estão abertas para visitação diariamente das 8 às 18 horas. Neste caso, os visitantes mais desavisados podem alugar bicicletas logo na entrada do local.

Um dos passeios menos famosos, porém, muito requisitados pelos profissionais é a trilha Borbolight, localizada no município de Rio Acima, apenas a 40 quilômetros de Belo Horizonte (MG). Os 38 quilômetros ligam a cidade com as incríveis cachoeiras da Serra da Gandarela e oferecem estradas pouco movimentadas e um ótimo passeio junto ao silêncio e calmaria da natureza. O percurso tem dificuldade moderada, é convidativa para iniciantes e permite bons treinos aos profissionais.

Depois de curtir um passeio como esse, não se esqueça de higienizar a bike. Trechos com muita poeira, barro ou detritos, podem comprometer algumas peças a longo prazo, sem falar que podem gerar corrosão nas partes soldadas. Esteja atento aos cuidados da sua bike para evitar deterioração e, claro, acidentes.

Fontes: